Caminbé, com certeza!


Olá a todos! 
Hoje venho mostrar-vos uma marca Portuguesa que adorei, especialmente por serem peças feitas à mão e verdadeiros miminhos. Cada detalhe, cada textura, cada material, tem um tanto de mágico. Cada peça é única, e por isso torna-as ainda mais especiais. Uma marca portuguesa, com certeza! Conheçam um pouco da história e conceito da Caminbé e percebam porque é que fiquei apaixonada pelas peças! 😍


Como surgiu a marca?

“Caminbé” é um projeto concebido e materializado por duas irmãs, com formação em arquitetura, mas que um dia pensaram em aventurar-se na área do desenho de acessórios de autor.
Numa visita a Barcelona, há algum tempo atrás, numa daquelas feiras de artesanato de rua, comprámos uns verdadeiros brincos de princesa! Eram lindos! Ficámos espantadas com a qualidade do trabalho daquela artesã, com a beleza das peças, das suas cores e texturas.
Aquela peça fez-nos recordar as aulas de história de arte onde estudámos o período barroco, com os seus excessos, brilhos e desenhos rebuscados. Pesquisámos a joalharia daquela época. Simplificámos formas, selecionámos materiais (aço inox, tecidos, papel impresso e vidro) e, com a ajuda da tecnologia de desenho e de produção, surgiram as primeiras peças.
Mostrámos às amigas que nos incentivaram a continuar! Apresentámos os produtos em lojas de acessórios e de design e começámos a divulgá-los nas redes sociais. Tem sido um sucesso! Neste último mês fomos convidadas a exportar para Itália e para a África do Sul.

Porquê o nome Caminbé?
Escolher o nome do projeto foi o mais difícil! Depois de muito pesquisar surgiu a ideia de relacioná-lo com as nossas peças mais preciosas – os nossos filhos.
“Ca” vem de Caco (o Vasco), “Min” de Mariana (era chamada de “Min” pelo primo Vasco), e “Bé” é o diminutivo de bebé (o Francisco, o mais pequeno a quem a irmã e o primo chamavam “carinhosamente” de bebé apesar dos poucos meses de diferença dos mais velhos).

Em que zona de Portugal estão?
Moramos e trabalhamos na Vila de Cascais, um lugar mágico e encantador. Somos umas privilegiadas porque morar em Cascais e por podermos usufruir das vantagens de se estar num centro urbano tranquilo, a vinte minutos de Lisboa, e ter a praia a dois passos de casa. Mas somos alentejanas de alma e coração, e por vezes sentimos necessidade de voltar à nossa terra natal, no concelho de Moura, onde passámos grande parte da infância e adolescência.

Qual é a peça mais pedida?
Cada peça é única. Por vezes podemos repetir o modelo mas sempre com materiais diferentes. Os brincos vendem-se mais talvez por serem mais acessíveis. Mas os colares são peças especiais pelos quais nos apaixonamos facilmente.

De que forma se pode proceder a uma encomenda?
As páginas do Instagram e do Facebook da Caminbé vão sendo atualizadas com os modelos mais recentes. Por vezes fazemos por encomenda, sobretudo peças para usar numa festa especial como um casamento. O e-mail de contacto é caminbe.handmade@gmail.com.
Há alguma loja física da marca?
Não. Esse não é o nosso objetivo, pelo menos no curto prazo. A produção é limitada. Exercemos a nossa profissão a tempo inteiro, sendo este projeto desenvolvido apenas nos tempos livres.
No início de 2017 iniciámos uma parceria de sucesso com a loja Icon Design, localizada no Chiado, que expõe e comercializa peças de design apenas de autores portugueses. Uma excelente referência para quem procura objetos especiais (cerâmica, desenho, acessórios, bijuteria, etc.).

Se a Caminbé fosse uma palavra, qual seria?

Estética.
Procuramos conceber peças em que os valores estéticos que reconhecemos (beleza, harmonia e equilíbrio na escolha das formas e das cores) estejam refletidos.

Sigam o trabalho da Caminbé e estejam atentas à página do Instagram e Facebook.
Vão ficar apaixonadas por todas as peças

____
Deixem um like na página de Facebook
do The “F” Word aqui: www.facebook.com/thefwordpt

0 Comentários

Deixe um comentário